Notícias


Preço de venda de imóveis residenciais tem queda real de 3,14%

Acredita-se que os preços permanecerão estáveis até o fim do ano e em boa parte de 2019

Publicado em 14 de Janeiro de 2019 às 04:39 AM

O preço médio de venda dos imóveis residenciais, em todo país, ficou praticamente estável, com variação de -0,06%, em agosto, de acordo com o índice FipeZap, que monitora os valores praticados em 20 cidades brasileiras. No resultado acumulado de 2018, até agosto, o preço médio de venda residencial, em todo país, recuou 0,29%, o que corresponde a uma queda real de 3,14%, considerando a inflação acumulada de 2,94% no período (IPCA/IBGE).

O Rio de Janeiro registrou queda de 0,19%, com recuo acumulado de 4,24%, nos últimos 12 meses, e redução de preços de 2,65%, somente em 2018.

Para Bruno Olivar, economista da Fipe, com movimento de elevação grande dos preços em anos anteriores, um desaquecimento do mercado já era esperado. Mas, segundo ele, depois com o aprofundamento da crise, houve redução acentuada da demanda por imóveis.

Bruno Olivar acredita que o movimento dos bancos de reduzir taxas e melhorar condições de financiamento imobiliário é positivo, mas não deve alterar significativamente o cenário do setor.

— Em termos reais, descontando a inflação do período, os imóveis estão perdendo valor. Os movimentos dos bancos ainda não são suficientes para inverter a dinâmica do mercado. Será preciso recuperar o crescimento econômico e melhorar o mercado de trabalho. Para se comprometer em longo prazo, o consumidor tem que estar bem seguro — avalia ele.

O economista acredita que os preços permanecerão estáveis até o fim do ano e em boa parte de 2019

Voltar